Direito ao Trabalho Digno e Reconhecido

Autores

  • Rodrigo Goldschmidt
  • Samoel Sander Mühl

DOI:

https://doi.org/10.17921/2448-2129.2015v16n1p%25p

Resumo

O trabalho é umas das formas de reconhecimento do homem, no entanto, em virtude das agressões existentes no mundo do trabalho aos trabalhadores, esta perspectiva torna-se obstruída, uma vez que tal circunstância está estritamente associada ao sistema capitalista que agride a saúde do trabalhador. Esse modelo implantado afasta qualquer possibilidade de igualdade entre capital e trabalho, contudo, o Direito do Trabalho procura dar um nivelamento entre estas duas forças, procurando dignificar o trabalho humano, através de normas de caráter protecionista. No entanto, a lei não tem sido suficiente para conter as agressões aos trabalhadores, o que tem gerado afronta direta à própria dignidade do trabalhador. Portanto, o que se tem visto é o capitalismo buscando lucro a qualquer custo e, na contramão dessa concorrência desleal, está o próprio homem que emprega sua força de trabalho. Como consequência desse sistema desequilibrado, há uma agressão direta ao trabalhador, de onde surgem inúmeras circunstâncias negativas, entre elas, as doenças laborais e os acidentes do trabalho.

Downloads

Publicado

2015-07-03

Edição

Seção

Artigos