Estudo sobre a Viabilidade Financeira do Mercado de Carbono

Autores

  • Marta Fioravante Delgado
  • Edman Altheman

DOI:

https://doi.org/10.17921/2448-2129.2007v8n1p%25p

Resumo

A humanidade está fazendo um saque no grande, porém finito, banco dos ecossistemas globais. O resultado é um colapso futuro na capacidade de o planeta fornecer bens e serviços naturais aos seres humanos, cujo primeiro efeito prático deve ser a impossibilidade de atingir as metas das Nações Unidas de combate à fome em 2015. Este estudo foi concebido para colaborar na disseminação e na discussão do conceito do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e, em decorrência, na criação do Mercado de Carbono, que visa a minimizar os custos de redução das emissões de gases de efeito estufa. Esse mercado deve canalizar um grande volume de investimentos para os países em desenvolvimento, pois os custos de implantação desses projetos de redução de emissões são muito menores que os custos de redução de uma tonelada de gás, no Japão, por exemplo, chegam a US$ 500.00, enquanto os créditos de carbono comercializados no primeiro leilão na BMF – Bolsa de Mercadorias e de Futuros, atingiram o valor de 16,20 euros. Objetivar-se-á, ao final deste estudo, identificar dificuldades, oportunidades, ameaças e possíveis retornos financeiros na implantação de um Projeto de MDL, em um aterro sanitário. Concluí-se que este projeto apresenta um retorno viável diante do valor investido e as taxas pagas pelo mercado financeiro brasileiro, principalmente, se levarmos em consideração que esta proposta refere-se a uma receita marginal.

Downloads

Publicado

2015-07-03

Edição

Seção

Artigos